Make your own free website on Tripod.com

Reflexões Jornalísticas

Mensagens Invisíveis

Nova Jersey, 1956. O filme Picnic, estrelado pela belíssima Kim Novak, é um sucesso absoluto. Tudo corria como nas outras seções do filme, exceto por um pequeno incidente. Nos intervalos, curiosamente, houve um aumento de 57, 7% nas vendas de Coca-cola, contra um aumento de 18,10% nas vendas de pipoca. O que os espectadores de Picnic, ignoravam é que haviam sido vítimas de propaganda subliminar. Um aparelho chamado taquicoscópio fora acoplado ao projetor durante o filme, e, simultaneamente a sua exibição, projetava na tela as frases "drink coke" (beba Coca) e "eat popocorn" (coma pipoca). As mensagens eram transmitidas a uma velocidade de 1/3000 de segundo, algo que, embora impedisse que as pessoas as percebessem conscientemente, não impedia que seus comandos fossem obedecidos por muitos. Eram mensagens invisíveis. Esta e várias outras formas de propaganda subliminar, bem como a maneira com que as mensagens subliminares influem sobre a vida de uma sociedade são o tema central do livro Propaganda Subliminar Multimídia, de Flávio Calazans. O autor mostra como centenas de mensagens, que "enviadas dissimuladamente, ocultas, abaixo do limite de percepção consciente" são capazes de influenciar escolhas e atitudes. Quando acopladas a publicidade e outros meios de comunicação de massa, as mensagens subliminares tem um efeito devastador, pois tornam seus receptores escravos dos interesses - muitas vezes escusos- de corporações, empresas e até mesmo políticos. Em meio a escassa bibliografia existente no Brasil, o livro de Calazans surge como leitura indispensável àqueles que desejam ampliar seus conhecimentos sobre o tema. O autor não apenas introduz o assunto ao leitor leigo de forma clara e objetiva, como também faz um levantamento bibliográfico do material disponível tanto no Brasil quanto no exterior. Propaganda Subliminar Multimídia disseca as centenas de propagandas e mensagens subliminares que diariamente são enviadas a milhares de pessoas sem o seu conhecimento, bem como as conseqüências fatais que isso acarreta. A obra dota os leitores não apenas de uma ampla compreensão do tema, mas também de alguns subsídios necessários para se combater os subliminares e não viver "felizes e inocentes", como aqueles que os ignoram por completo. Calazans instiga o leitor a não "pecar por omissão de socorro" aos muitos que ignoram o assunto, não compactuar com os "crimes subliminares" que permeiam o cotidiano. Somente uma sociedade consciente, alerta o autor, é capaz de reconhecer e combater o perigo dos subliminares. 
Contudo, em um país como o Brasil, adquirir essa consciência não é simples. A obra de Calazans, nesse cenário desolador, aparece como um instrumento para conscientizar mentes e dar início ao tão necessário combate.

Ficha Técnica

Livro: Propaganda Subliminar Multimídia
Autor: Flávio Calazans
Editora: Summus, 1996
Quanto: R$ 14,00

Voltar à seção Reflexões

Voltar à Página Principal